Quem nunca se tentou…

A podridão das águas em que navega este país( se é que se pode chamar país a isto!?), está bem patente no agora badalado caso “João Pinto”. Mais uma vez o futebol vem à liça, como se só no futebol isto acontecesse e não na generalidade das “indústrias e comércios” deste chavascal. Mas o que me continua a irritar solenemente não são as vigarices e trapaças constantes de que os pobres – que têm que “arrotar” com os impostozinhos sobre os seus cada vez mais magros salários por não terem “escapes” possíveis – e os cofres públicos são alvo, porque da pouca vergonha e lata dos ladrões de fato e gravata, que vão à missinha ao Domingo e tudo, já me habituei há bué, como soi agora dizer-se; O que me consome as entranhas, são as palavras farisaicas de alguns comentadores ilustres da nossa praça que, pelos vistos, devem viver em Plutão. Mas neste país há alguém impoluto no que há fuga ao fisco diz respeito? Sejamos sérios pôrra! Quem é que nunca pecou ??? Quem é que nunca se tentou em aldrabar o IRS, o IRC etc.??? Quem é que não aldraba quando pode??? Quem???

Vamos lá a falar verdade, esta merda de país é terceiro-mundista e a mentalidade deste povinho idem, pôrra! Impolutos, onde?

Está aqui esta pedra para o primeiro que nunca o fez.

Já agora, só agarra na pedrinha quem não o fez por seriedade porque, como afirmou o Senhor, tão pecador é o que peca como o que é tentado a pecar e só o não faz por medo ou covardia.

E disse.

Aquiles

Anúncios

7 Responses to Quem nunca se tentou…

  1. Inês diz:

    Aquiles, fugir ao fisco é uma tentação para quem paga demais e ganha de menos. Mas o raio dos profissionais da fuga (dizem que há, eu sei lá se é desculpa…) só fazem com que o fisco carregue cada vez mais os de sempre.

  2. Nina diz:

    pôrra, não trago pedras, não pego em pedras, meus telhados de vidro.
    Mas trago um abraço a um português não-pôdre. 😉

  3. jodoas diz:

    Mas meu caro amigo há pecados e pecados. E embora como dizes a tentação é enorme sobretudo quando se trazem os tostões bem contados, os pecados cometidos por quem se encontra nessas condições não têm a mesma gravidade daqueles que podendo e bem,
    face ao seu estado de riqueza, fogem ao fisco. Aquele abraço do Raul

  4. paulo diz:

    Ta visto que vamos continuar nesta podridao até que o povo acorde de vez.
    Uma braço com amizade
    apulo

  5. samartaime diz:

    Já não tenho paciência para esperar: acredito muito pouco!

  6. Ora nem mais!! Não atiro pedras. Beijos.

  7. cunhaabe diz:

    Oh meu Caro, vou mesmo agarrar a pedra. Ou sou azarado, ou parvo!
    Gostei de ver o advogado do figurão, desde logo a garantir que o homem não seria punido, até porque o crime prescreveu. Isto não é efectivamente um país, é um sítio habitado por Carrapatosos.
    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s